Poesia Acústica 11: Nada Mudou – L7NNON, Xamã, Mc Poze do Rodo, Chris MC, Azyy, Lourena, Cynthia Luz e Ryan SP

Baixar Poesia Acústica 11: Nada Mudou – L7NNON, Xamã, Mc Poze do Rodo, Chris MC, Azyy, Lourena, Cynthia Luz e Ryan SP

Baixar Poesia Acústica 11: Nada Mudou – L7NNON, Xamã, Mc Poze do Rodo, Chris MC, Azyy, Lourena, Cynthia Luz e Ryan SP
Ouça e faça o download grátis da música ‘Poesia Acústica 11: Nada Mudou’ no celular. Do mesmo modo você também pode assistir o video clipe logo abaixo. Contudo clique em Download e siga para baixar a música ‘Poesia Acústica 11: Nada Mudou – L7NNON, Xamã, Mc Poze do Rodo, Chris MC, Azyy, Lourena, Cynthia Luz e Ryan SP’.
Tamanho: 9,3 Mb
Ano de lançamento: 2021

 

Letra da Música Poesia Acústica 11: Nada Mudou – L7NNON, Xamã, Mc Poze do Rodo, Chris MC, Azyy, Lourena, Cynthia Luz e Ryan SP

 
[Intro: L7NNON & Lourena]
Salve, Malak!
Passando aqui pra falar um pouquinho de amor mais uma vez (Poesia 11)
Nada mudou…
Vambora

[Verso 1: L7NNON]
Ó, nem me falou teu sobrenome pra eu te achar no Insta
Eu tô pra ver se alguém que eu conheço te conhece, ahn
Disse pra mim que foi bom me ver na pista
E que pessoalmente é melhor que na Internet, ahn
Ela brinca com a postura do homem
Joga na cara e depois ela some
Diz que perde pra minha cara de tralha
E que não acreditava que eu tava na 11, ahn
A cara do freio…
Que deixa ela louca, ahn
Bem que eu te avisei que
Vou beijar tua boca
Sem medo de nada, cheia de marra, maravilhosa
Pra acabar com tua marra eu chego no ouvido e falo “gostosa”
Cansado de ouvir quem nunca fez nada por mim
Eu devo nada a ninguém, nós pode fazer o que tiver a fim
Tipo, linda, dança pra mim
Faz o que tu quiser
Tu sabe que eu tô a fim
Vai me dizer que não quer?
Dentro do carro com ela do lado eu fico suave
Se ela tá no volante é tipo avião pilotando a nave
Eu canetando várias frase’ e fazendo barulho
Escrevendo a vida e falando de tudo
Enquanto eles ‘tão falando isso e aquilo, meu som toca nos quatro canto’ do mundo, é
Eu vou beijar tua boca tirando tua roupa
Impossível querer te trocar por outra

[Verso 2: Chris MC]
Quero sentir a sensação
Da primeira vez que te vi
Explicar pro coração que ‘cê faz falta nem sempre dá
Te vejo nos melhores sonhos
Tenho planos pra nós
Se te beijo, ouço o som dos anjos
Com seu rosto, sua voz
Tô indo te buscar, ter onde voltar, pra onde chegar, chegar
‘Cê me deixa sem ar
Pra nunca faltar motivos pra comemorar
Sem compromisso, ‘cê gosta disso
Amor como o nosso é tão bom
Muda esse disco, eu não corro risco
Minha melhor inspiração

[Verso 3: MC Ryan SP & Chris MC]
A medida do amor é amar sem ter medida
Por isso eu te amei muito, mulher
Quebrei a cara confiando em amar e você me ensinou como é
Me entreguei nessa ilusão, fui cobaia nessa palhaçada
Não vou mais me apaixonar, vou viver na revoada
Pra todo “game over” vai existir um “play”
Você jogou fora todo amor que eu te dei
Assim que quer, assim será, eu vou pra não voltar
Tubarão, se ela brota na sua revoada?
Juro, não vou deixar ela entrar
Se ela aparecer no quarto pelada?
Ah me desculpa, eu vou ter que evitar
Mas se ela te liga na madrugada?
Caixa postal, não adianta ligar
E todas as vezes que eu te perdoei achando que o amor poderia vingar?
Nega, por que me rejeita? Fiquei na sarjeta
Culpa do amor metido à besta
Beba, esqueça da princesa, celebra a sexta-feira
A riqueza do amor é ter pureza e você não teve

[Verso 4: Lourena]
Você prometeu, prometeu um final feliz
Mas se esqueceu, esqueceu, esqueceu de mim
Se não quer se iludir, quer ficar na revoada
Como confiar em ti se você não para em casa?
Eu sou mulher pra caralho, só você não percebeu
Que teus amigos queriam fechamento como eu
Mas, danado, sem querer eu gostei de você
Reclamo se eu vejo outra te querendo
Não que eu goste assim, só tô a fim de bagunçar
Lourena que lançou a braba
Hoje eu te faço enlouquecer
O que eu pedir tu vai ter que fazer
Caso o contrário eu vou dizer
Que eu não te amo, várias queixas de você
Por que fez isso comigo?
Hein, Xamã?

[Verso 5: Xamã]
Estamos junto e separados, baby
Por que somos tão errados? Ahn
‘Cês duas de papin’
Geral tá ligado que nós tem um lancin’
Sem caô, diamante, filme e lanchin’
A passagem tá mó cara, falta amor aí
[?]
Eu te amo desde os tempos lá de Sepetiba
Tinha um par de asas e uma calça comprida
Isopor vendendo Bud, cinco conto à vista
Cheio de marra, só pegava capa de revista
Me beije com lip tint, vamo’ resolver essa porra em cima do beat
Ou tu quer eu ou tu quer ela, decide
Nós dois fazendo surubão de Nikity City
Xamã demônio da Viking, vixe
Essa relação deixou minha mente mais triste
Ou tu quer eu ou tu quer ele, decide
Se tu quer golpe, eu sou do Karatê Kid
Tira o sutiã do cabide
Sem compromisso, ‘cê gosta disso
Fla-Flu, churrasco e cerva latão
A cara dos filho’ da Deise
Ouvindo L7 bolado
Azzy tá vindo de lace
Xamãzin é o mais malvado
Deixa que eu me viro, deixa
De qualquer maneira
Baby, vou te amar pra vida inteira
Queixas, qual a cor das terças?
Por que não me beijas?
Culpa do Xamã metido à besta

[Verso 6: Azzy]
Ei, quando você vem? Preciso saber
Pra eu não sair
Quero te ver, me resolver
Amor, não faz assim
Então deixa eu te mostrar
Aqui é teu lugar
Contigo não tenho segredo
Amor, você sabe que eu morro de medo
Da gente terminar
Nós bate de frente toda hora
Mas quando ‘cê sai eu sempre choro
Pensa com carinho, vê se rola
Nós no escurinho, eu te devoro
Abraça meu papo que eu te abraço forte
[?] no jogo, muita fé na sorte
Não mente pra mim, não quero me enganar
Não, não, não, não
Beija minha boca, beija
Os problemas deixa
Deixa pra amanhã esses caô
Veja, numa sexta-feira
Na praia, na beira
Amanhecendo e nós fazendo amor

[Verso 7: MC Poze do Rodo]
Oi, tá com saudade e quer me ver
E ama a minha pegada
Mas essa vida que eu levo
O tempo é curto, eu confesso
Bem que seria uma boa ter você por perto
Mas não tô podendo me apegar
Se for um lance, isso nós pode ver
A melhor forma de se entender
Mente criminosa, coração bandido
Não posso fugir desse meu instinto
Não faço poesia, faço trabalho lindo
Se o trem passar, melhor sair do trilho
É o Poze…
Peita, a grana tá na mesa
Nós é faixa preta
Tem várias princesa querendo fuder
Peita, Malak bandido
Solta o beat ao vivo
Mente visionária faz acontecer
Oi, peita, a grana tá na mesa
Nós é faixa preta
Tem várias princesa querendo fuder
Peita, Malak bandido
Solta o beat ao vivo
Mente visionária faz acontecer

[Verso 8: Cynthia Luz]
Baby, eu te provo no contrário
Na boca que beija e nesse mesmo cenário
Todo dia eu quero o seu amor, eu nem disfarço
Baby, eu te chamei porque o nosso tempo é raro
Esquecer a dor nunca foi fácil
Valor do nosso laço, tu sempre do meu lado
Outras até tentaram, mas todas falharam
Nosso corpo é só um, pedidos em comum
Só um…
Peço a Deus que nos dê mais amor pra caminhar
Tire de nós o orgulho, a lembrança que sempre machuca
E nos meus olhos tu veja a vontade de te amar, amar
Sempre me escondo dessa escuridão que me assusta
Deixa que a gente se beija
Chega de besteira
Pra nós todo dia é sexta-feira
Beija, sei que tu deseja
Vem pra cama e beija
Baby, pode me culpar, enfim sós
Deixa que a gente se beija
Chega de besteira
Pra nós todo dia é sexta-feira
Beija, sei que tu deseja
Vem pra cama e beija
Baby, pode me culpar, enfim sós

Ouvir Música Poesia Acústica 11: Nada Mudou – L7NNON, Xamã, Mc Poze do Rodo, Chris MC, Azyy, Lourena, Cynthia Luz e Ryan SP